Quanto custa passar o réveillon em 5 das cidades mais bombadas?

Quanto custa passar o réveillon em 5 das cidades mais bombadas?

Uma das festas mais aguardadas do ano está há menos de um mês de acontecer. O Revéillon mobiliza diversos países do mundo, sendo uma das datas comemorativas mais tradicionais. Em 2020, com a pandemia do coronavírus, o setor do turismo foi fortemente impactado. Agora, embora a Covid-19 ainda seja uma realidade, o avanço da vacinação em alguns países reaqueceu o mercado do segmento turístico.

De acordo com levantamento feito a pedido da CNN, as buscas online por viagens de fim de ano aumentaram cerca de 1.000%. Os dados foram levantados por três das principais agências de viagens brasileiras. Segundo a Decolar, a busca por passagens aéreas teve alta de até 63%. Já dados da CVC mostram que a comercialização de passagens para o fim do ano teve alta de 36%.

Algumas cidades ao redor do mundo são conhecidas por terem as maiores e mais memoráveis festas de ano novo. Quanto será o custo para passar a virada em uma festa em alguma dessas cidades? Selecionamos 5 cidades badaladas e famosas por suas festas de reveillon, confira:

  1. Rio de Janeiro
  2. Nova York
  3. Fernando de Noronha
  4. Sidney
  5. Dubai

Rio de Janeiro

Para abrir a lista, começamos em casa. Uma das festas mais famosas do país e também do mundo é, sem dúvida, o Réveillon de Copacabana. A orla da praia mundialmente conhecida chega a receber mais de 2 milhões de pessoas todos os anos. A comemoração é considerada a maior festa da virada a céu aberto do mundo. Em 2019, quando foi realizada a última antes da pandemia do coronavírus, foram 2,9 milhões de pessoas presentes, sendo 1,7 milhões só de turistas.

O espetáculo da queima de fogos que dura 17 minutos é de graça. Caso queira mais privacidade e luxo, o famoso hotel Copacabana Palace oferece festas privadas que podem custar em média R$ 4 mil reais por pessoa.

Nova York

A cidade que nunca dorme é um destino clássico para a virada do ano nos Estados Unidos. Para quem topa encarar temperaturas que podem ficar abaixo do zero, Nova York é um destino procurado por turistas do mundo todo que lotam a Times Square, O lugar é palco de shows de artistas de peso além da tradicional Bola da Time Square que pesa cinco toneladas e vai descendo de uma altura de cerca de 43 metros em 60 segundo, simbolizando a virada para o novo ano.

Para quem busca um evento fechado com vista para esse espetáculo e a queima de fogos, vai precisar desembolsar no mínimo US$ 400 (R$ 2.255). Já passar a virada em um barco pode variar entre US$ 180 (R$ 1.014) a US$ 510 (R$ 2.875).

Fernando de Noronha

Voltando para o Brasil, dessa vez para o nordeste do país, temos como destino cobiçado por muitas celebridades brasileiras para o Réveillon o paradisíaco arquipélago de Fernando de Noronha. Uma vantagem considerada por quem gosta de passar o ano novo por lá é o fato de que a quantidade de pessoas que podem entrar na ilha é controlada. Isso dá ainda mais o tom de exclusividade do lugar.

As praias de Fernando de Noronha estão entre as mais bonitas do mundo. Só para curtir uma festa da virada você precisará gastar em média R$ 2 mil. Sem contar os custos com deslocamento para a ilha e hospedagem que não costumam ser baratos.

Sidney

Se você está com disposição de, literalmente, atravessar o globo, a capital da Austrália pode ser uma excelente opção. Um dos atrativos de passar o réveillon em Sidney é que, dado o fuso horário, é possível já se adiantar e dizer que chegou no novo ano antes do resto do mundo.

Muito além de chegar primeiro em 2022 do que os colegas, o réveillon em Sidney também oferece um verdadeiro show pirotécnico em sua zona portuária. Se você pretende fugir da multidão, há possibilidades de festas nos barcos que ficam circulando na baía. Os preços são salgados, variando entre 400 a 1200 dólares australianos, o que na cotação atual fica entre R$ 1.604 a R$ 4.813.

Dubai

Talvez o destino mais inusitado entre os listados aqui, mas não menos luxuoso, é Dubai. A cidade dos Emirados Árabes se prepara em grande estilo para oferecer festas extravagantes em seus hotéis e restaurantes com jantares que podem custar R$ 3 mil por pessoa.

Para quem pretende gastar o dinheiro apenas nos inúmeros shoppings da cidade, pode aproveitar a virada de graça acompanhando a queima de fogos do Burj Khalifa, o centro comercial mais alto do mundo.

Fonte: Yahoo Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.